Cascavel - Doente é levado de ambulância ao banco


A declaração de um médico atesta que Alberto Bispo da Silva, 87 anos, está vivo e acamado e que a remoção dele deve ser evitada. Mas isso não sensibilizou os funcionários do banco, que fizeram a família levá-lo até a agência, no Centro de Cascavel, nesta manhã (30).

Foi necessária uma ambulância do Município para transportar o doente, que ficou no estacionamento, por era impossível colocá-lo dentro da agência. Mesmo assim, os funcionários se negaram a ir até o cliente para coletar suas digitais. A família teve que fazer isso.

Alberto sofreu dois derrames, ficou debilitado e ainda contraiu uma superbactéria em um hospital. Ele recebe o benefício do INSS e o banco ameaçava bloquear, caso a família não o levasse para comprovar que estava vivo.

As noras o acompanharam até a agência. Gracielle de Paula considerou uma falta de humanidade o que foi feito. Ela disse que não sabe coletar as digitais e não sabe se o banco vai aceitá-la. O benefício é necessário para comprar alimentos especiais, medicamentos e fraldas.

A reportagem solicitou que alguém do banco se manifestasse, mas ninguém apareceu. 





Todos os direitos reservados. © Copyrıght 2015
Projeto de Criação de Site - Azz Agência