Mulheres que Inspiram homenageia a senhora Zilda Medeiros


A quarta homenageada do projeto “Mulheres que Inspiram e não Piram”, realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher em parceria com o Município de Palotina e Ministério Público, é a senhora Zilda Salete Justino de Medeiros. Nascida em 26 de outubro de 1959, na cidade de Aricanduva, Paraná. Ela é a sexta de uma família de dez irmãos.

Sua infância foi marcada por muito trabalho e dificuldades em casa, porém, apesar de todas as adversidades, lembra que se sentia muito feliz e compartilhava isso com seus irmãos. Desde muito cedo, aos seis anos de idade, vendia verduras no Município de Marumbi (PR). A partir dos oito, começou a trabalhar como babá, e logo em seguida como empregada doméstica e cozinheira.

Chegou à Palotina aos 16 anos, e teve a certeza que aqui seria o seu lugar, pois até os dias de hoje, sente-se amada e acolhida por todos ao seu redor.

Casou-se com José Ribeiro de Medeiros, aos 20 anos de idade, com quem teve um filho, Juliano Justino de Medeiros.

Sempre foi uma mulher independente, com muito amor e generosidade em seu coração.  Com sua força de vontade em ajudar o próximo, valor que lhe é muito importante, montou um grupo no facebook intitulado de “Amigos dos Patudos de Palotina”, com a finalidade de arrecadar fundos para a ASFA (Associação São Francisco de Assis para Proteção dos Animais).

Através da colaboração de doadores recebia leite, e assim, iniciou a fabricação e venda de iogurtes. O lucro era destinado à associação.

Com o sucesso na venda de seus produtos, fez disso sua profissão, e hoje sustenta sua família por meio deste negócio, sem deixar de ajudar os animais, e auxiliar as pessoas necessitadas.

Além da produção e comercialização de iogurtes, prepara tapioca cremosa no pote e sanduíches artesanais, atendendo a demanda pelos produtos fitness e detox. Especializou-se nesta área por meio de curso oferecido pelo SENAI. Realiza a venda de todos esses produtos em estabelecimentos comerciais, de porta em porta, todos os dias. Todo o trajeto é feito de bicicleta.

Ela recorda que sua primeira bicicleta era bem simples, pesada e antiga. Ganhou de presente uma nova bicicleta com marchas, adaptada para as caixas de produtos, o que facilitou especialmente seu trabalho, graças ao carinho de pessoas próximas como Renata Lucyk e sua mãe Iorene.

Alguns anos depois, participou de uma promoção onde foi contemplada com uma bicicleta elétrica da empresa Cicles Motos. Esta bicicleta, a quem chama carinhosamente de princesinha. Ficou imensamente feliz, pois tinha muita fé e esperança que sairia vitoriosa. Para concorrer ao certame, era necessário compartilhar a página da empresa no facebook, e o fazia diariamente, inúmeras vezes, nunca perdendo a confiança que seria a ganhadora.

Faz um parâmetro dessa história com o momento do seu nascimento, pois sua família em dificuldades financeiras, não possuía recursos para o pagamento da parteira, que aceitou uma câmara de pneu de bicicleta como pagamento por realizar seu parto. “O destino é uma força poderosa”, enaltece Zilda.

É conhecida por ter um coração de ouro e uma alegria contagiante. É católica devota, contando que é movida pela fé, pois por onde passa vê o dedo de Deus, seja nas alegrias, tristezas ou provações. “Porque se Jesus passou por tudo sendo filho de Deus, eu não poderia ficar triste, e dessas experiências vejo um propósito. Louvar e agradecer a Deus na alegria é fácil, mas na tristeza é a verdadeira prova, pois enxergá-lo no sofrimento é sinônimo de fé”, explica.

Afirma ainda que a mulher precisa se conscientizar da sua importância, porque a mudança começa por dela. “A capacidade da mulher é tão grande, pois possui sensibilidade, força e grande coração, e assim pode operar mudanças seja na sua casa, na política e no trabalho. Não há limites, a partir do momento em que acredita em si, a mulher pode ser e tornar-se aquilo que quiser, e fazer tudo muito bem feito”.

Às mulheres de Palotina diz que a vida é o maior presente que Deus nos deu. “Não deixe a sua passar em branco, faça o bem, queira o bem, seja a mudança que espera no outro”, conclui.

 





Todos os direitos reservados. © Copyrıght 2015
Desenvolvido por Azz Agência