Cão da PCPR e seu condutor são homenageados por bom desempenho


A Câmara de Vereadores de Maringá reconheceu o bom trabalho da Polícia Civil com a atuação de seu canil, em especial do cão Chris Cornell e seu condutor, o investigador Marcos Shinnae, que receberam o Título de Mérito Comunitário, nesta terça-feira (09). É a primeira vez que um dos cachorros da instituição é homenageado individualmente.

A atuação do cachorro e de seu condutor colaborou para a apreensão de cerca de 7 toneladas de drogas no Paraná e em Santa Catarina, no ano passado. A dupla também apreendeu armas e munições. Juntos, eles têm uma rotina intensa de atendimento a ocorrências, principalmente no Norte do Paraná.

O pastor-alemão de três anos, doado por empresários de Maringá, se tornou o primeiro animal “admitido” no canil da PCPR no Norte do Estado. Ele chegou à instituição em 5 de setembro de 2020.

“A recepção na Câmara de Vereadores foi muito boa, foi dada muita atenção à instituição em função do serviço prestado pelo canil”, disse o investigador da PCPR homenageado.

Durante a sessão, Chris ficou entretido com uma bolinha até receber no pescoço a placa de menção honrosa com a frase: “um homem, um cão, qualquer missão”. A dupla recebeu um certificado, além das placas. 

HOMENAGEM – Em 2020, o Núcleo de Operações com Cães (NOC) recebeu votos de louvor e congratulações com menção honrosa da Assembleia Legislativa do Paraná. A homenagem foi concedida, em conjunto, aos cães policiais e servidores da PCPR em atuação no NOC. Atualmente o Núcleo conta com 14 animais.

 





Todos os direitos reservados. © Copyrıght 2015
Projeto de Criação de Site - Azz Agência