Receita Federal apreende munições e eletrônicos em fundo falso na Ponte da Amizade


Neste fim de semana, em abordagens realizadas na Aduana da Ponte Internacional da Amizade, no âmbito da Operação Fronteira Integrada, ações conjuntas entre servidores da Receita Federal, policiais do BPFron e da Força Nacional resultaram na apreensão de eletrônicos em fundo falso e munições.

Na manhã de sábado, por volta das 9h, iniciou-se uma abordagem de rotina a uma Van de placas paraguaias, ocupada pelo condutor, um homem paraguaio, e mais dois passageiros. No interior do veículo havia passageiros com mercadorias que estavam de acordo com a cota de isenção permitida pela legislação. Porém, após vistoria minuciosa no painel da Van, foi encontrado um fundo falso com grande quantidade de eletrônicos ocultos. Em sua maioria eram celulares e acessórios para informática de alto valor.

Ao ser indagado sobre o fundo falso, o condutor admitiu ter adaptado o veículo para esconder as mercadorias e que receberia U$ 100,00 para entregá-las em um estacionamento na cidade de Foz do Iguaçu/PR. Após valoração, a apreensão totalizou aproximadamente R$ 16 mil.

Já por volta das 20h, um ônibus de turismo foi abordado quando atravessava a Aduana em direção ao Brasil. Iniciou-se, então, uma vistoria mais detalhada no interior do veículo que levou os servidores a encontrar diversas munições ocultas por debaixo de um dos bancos, sendo 100 unidades de calibre .38 e 98 unidades de calibre .380. Em seguida foi realizada uma entrevista pessoal com os passageiros, entretanto não foi possível identificar o proprietário do ilícito. As munições foram então apreendidas e encaminhadas para a Delegacia da Polícia Federal de Foz do Iguaçu para os procedimentos legais cabíveis.

A Operação Fronteira Integrada está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalização atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros. Participam da Operação a Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Paraná – BPFRON, Força Nacional de Segurança Pública– FNSP e Foztrans – Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu.





Todos os direitos reservados. © Copyrıght 2015
Projeto de Criação de Site - Azz Agência